ADAD descentraliza actividades comemorativas do Dia Mundial da Árvore e das Florestas

Cidade da Praia, 20 Mar (Inforpress) – A Associação para a Defesa do Ambiente e Desenvolvimento (ADAD) promove hoje e sexta-feira várias actividades, de forma descentralizada, para comemorar o dia Mundial da Árvore e das Florestas.

Esta informação foi avançada à Inforpress pelo presidente da ADAD Januário Nascimento que avançou, que a associação tem programado para este ano um leque de actividades para celebrar a efeméride, em algumas ilhas, mas elucidou que o programa contempla um número reduzido de pessoas tendo em conta o actual cenário da pandemia do Covid-19.

Para esta sexta-feira, 20, a ADAD promove, em parceira com a Escola Secundária Cesaltina Ramos na cidade da Praia, um debate público sobre a redução do impacto das infra-estruturas nas zonas costeiras e fará a plantação de árvores no recinto do referido estabelecimento de ensino.

Segundo Januário Nascimento, durante o encontro será realizada a cerimónia de entrega do prémio de Jornalismo Ambiental e de assinatura do protocolo de cooperação entre a ADAD e a Escola Secundária Cesaltina Ramos.

Ainda segundo o presidente da ADAD, o encontro comemorativo será marcado pela realização de um debate sobre os desafios da cobertura jornalística nas questões ambientais pelas Rádios Comunitárias em São Nicolau.

“Nós começamos a comemorar essa data já hoje porque já estamos a plantar arvores e no dia 21, que é o dia Mundial da Arvore, temos previsto a plantação de arvores nas ilhas de Santiago, Santo Antão e São Nicolau e ainda teremos encontros com as diferentes comunidades piscatórias de Santiago”, indicou.

Januário Nascimento destacou a importância de envolver a comunidade educativa na promoção da preservação do meio ambiente e plantação das árvores, lembrando, que a mesma desempenha um papel importante no efeito das mudanças climáticas, segurança alimentar e entre outros.

Lembrou, por outro lado, o compromisso de Cabo Verde em atingir a meta de plantar oito milhões de árvores até 2030, defendendo, neste sentido, o engajamento de cada cidadão para o arquipélago alcançar os objectivos delineados.

Disse, por outro lado, que a ADAD aproveita também para assinalar o dia Mundial da Água que se celebra no dia 22 de Março, com palestras sobre a importância da água, tendo em conta a situação que o país enfrenta com três anos consecutivos de seca.

O Dia Internacional da Árvore e da Floresta tem por objectivo sensibilizar a população para a importância da preservação das árvores, quer ao nível do equilíbrio ambiental e ecológico, como da própria qualidade de vida dos cidadãos, sendo que se estima que 1000 árvores adultas absorvem cerca de 6000 kg de CO2 (dióxido de carbono).

Proclamada em 2012 pela Assembleia Geral das Nações Unidas, a celebração visa aumentar a consciência da importância de todos os tipos de floresta e, nesta data, cada país é incentivado a realizar esforços locais, nacionais e internacionais para organizar actividades que envolvem florestas e árvores, como as campanhas de plantação de árvores.

CM/CP

Inforpress/Fim

Scroll to Top