• Save

ACNUT almeja estabelecer parcerias com instituições que lidam com a alimentação e nutrição no país

Cidade da Praia, 01 Set (Inforpress) – A presidente da Associação Cabo-verdiana de Nutricionistas (ACNUT), Alzerina Monteiro, traça como um dos principais desafios, estabelecer parcerias com instituições que lidam com a alimentação e nutrição no país e fortalecer o vinculo com o Ministério da Saúde.

Em declarações à Inforpress, em jeito de balanço sobre a actuação da classe no arquipélago, a propósito do Dia Internacional do Nutricionista, que se assinala a 31 de Agosto, a responsável apontou também ser primordial a promoção de mecanismos de actualização dos nutricionistas em todo o país.

“De igual modo, é extremamente necessário fomentar a aproximação da ACNUT com as associações e ordens de profissionais de saúde do país e com associações internacionais de nutricionistas e o desafio maior é a criação da ordem dos nutricionistas”, explicou.

Segundo Alzerina Monteiro, o mercado de trabalho para os nutricionistas ainda está um pouco fechado, precisando de mais oportunidade, nomeadamente em áreas como a restauração, hotelaria e supermercados, desporto, estética, fiscalização e inspecção sanitária, industria de alimentos, jardins de infância, entre outros.

“Quero realçar aqui, mais uma vez, para os responsáveis destas áreas, que o trabalho do nutricionista é primordial nestes casos”, apontou.

Conforme realçou, a procura dos nutricionistas por parte dos cabo-verdianos tem sido frequente, sendo com maior regularidade na área clínica.

“Estamos sendo muito solicitados, principalmente pelos doentes crónicos, com diabetes, hipertensão, colesterolemia, e por aqueles que querem emagrecer”, salientou.

Neste momento, em Cabo Verde, de acordo com a responsável, cerca de mais de 40 nutricionistas, mas nem todos estão associados a ACNUT e 30 empregados no mercado de trabalho.

HR/CP

Inforpress/Fim

Scroll to Top
Share via
Copy link
Powered by Social Snap